2as Sem Carne

Filipa Antunes

 

Filipa Antunes . Campeã Nacional de Halterofilismo (categoria 63kg)

 

P: Qual é o tipo de alimentação que segue?

R: Veganismo.??

 

P: Há quanto tempo pratica esse tipo de alimentação?

R: Uns cinco anos; antes disso fui vegetariana um ano ou dois, e já não comia carne desde os treze anos.

??

P: O que a motivou a fazer essa escolha?

R: Tomei consciência do preço que se paga para comer carne. Não posso compactuar com o sofrimento e exploração animal de maneira nenhuma.

??

P: Considera o vegetarianismo e, no seu caso, o veganismo, como sendo adequado a atletas?

R: Claro que sim. O veganismo é adequado a toda a gente, basta ter atenção e comer bem e variado.??

 

P: Como atleta tem alguns cuidados especiais com a alimentação?

R: Sim, tento fazer uma alimentação mais rica em proteína: grão de bico, feijão, lentilhas, soja texturizada, leite de soja, manteiga de amendoim, tofu, seitan, etc. De resto evito comer demasiado pão e massa; prefiro vegetais.??

 

P: Os atletas costumam tomar suplementos proteicos à base de leite. No seu caso, sendo vegana tem alguma alternativa a esses produtos?

R: Sim, há várias alternativas. A melhor é capaz de ser mesmo a proteína de soja, mas eu prefiro a de ervilha, para variar. Também já experimentei a de arroz, mas não acho que seja tão boa como as outras duas que mencionei.??

 

P: Costuma fazer as suas refeições vegetarianas em casa ou prefere ir a restaurantes?

R: Por norma em casa. Quando vou a restaurantes gosto dos indianos, onde é sempre muito fácil fazer uma boa refeição vegan, ou os italianos.

 

P: Quais são os seus pratos vegetarianos preferidos?

R: Gosto muito de caril, mas nunca recuso coisas mais simples e portuguesas como migas ou esparregado.

 

P: Está ciente do impacto que a produção industrial de carne, assim como a pesca intensiva, têm no planeta?

R: Sim, e é uma das razões pelas quais me mantenho e manterei vegan. Só temos um planeta!

 

P: Acha que as pessoas, em geral, estão bem informadas sobre o vegetarianismo?

R: Nem por isso. Há muita informação errada a circular: que o vegetarismo não é saudável, que somos todos anémicos e pálidos. Depois também há o estereótipo do vegetariano magrinho, que faz yoga e é de esquerda. Claro que há vegetarianos assim, mas também há vegetarianos gordinhos, desportistas, sedentários, de religiões e orientações políticas diferentes.

 

P: Pensa ser importante informar-se mais as pessoas sobre estes assuntos, seja relativamente à questão animal, seja a nível ambiental?

R: Sim, são as duas causas importantes, e ainda não se lhes presta muita atenção...

 

P: O que pensa desta campanha das segundas sem carne? Acha que uma atitude simples como fazer um dia vegetariano por semana poderá ter algum impacto benéfico?

R: Sem dúvida. É com pequenos passos que se começa, e as pequenas acções de muitos acabam por ter bastante impacto combinado.

Está em... Home Amigos e apoiantes Filipa Antunes